top of page
  • Foto do escritorBeatriz Chiara

Deus seja louvado pelas quebras das canecas



Fotografia: Henk Helmantel (b. 1945)


A cerâmica é uma daquelas criações humanas muito pouco valorizadas, pois na

maior parte é feita de substâncias simples e facilmente encontradas, geralmente são

feitas de uma mistura de argila, feldspato, sílica e quartzo.


O que a torna forte é a junção de elementos, o que a torna durável é a conservação

desses elementos mantidos no mesmo estado em que foi alcançado quando a

cerâmica foi composta. Contudo, como tudo, apenas a inercia a preserva, pois as

vezes basta um simples toque desastrado e suas partículas atômicas se romperam,

e cada milimétrico centímetro de rocha milimétricamente fundida, será partido em

um chão, talvez uma pia, se espalhando em múltiplos cacos, podendo inclusive ao

cair respingarem em nossa pele, nos cortando, ou as vezes ao tentar impedir o total

colapso dessa estrutura, metemos a mão no mais pontiagudo pedaço. Nossa pele por sua vez, é feita de tecidos, tecidos orgânicos, frágeis como tecidos não orgânicos, mas com o adicional da dor.


Ao pensar em cada caneca que por minhas ''desastresas'' fui responsável em

derrubar, e pelos mesmos motivos, responsável em me cortar, e ainda pelos

mesmos motivos responsável por tentar recuperar algo que a física quebrou e que a

química não permite que seja ressuscitado. A par desses fatos, ganhamos novas

canecas com uma certa frequência, a cada queda, vamos aprendendo a deixar

quebrar, e cada nova caneca, vamos aprendendo a não deixar cair. Chamam isso

de maturidade, as vezes acho que é tortura, as vezes chamo de desnecessário, mas

sei como se chama. É inevitável quebrar as canecas. Deus seja louvado pela quebra

das canecas. Deus castigue o escritor pela sua redundância.



Escritor: Mike William

País: Brasil

Redes sociais: @mikewilliam_pupo



28 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Orlando Nunes
Orlando Nunes
Feb 15

Muito bonito. Consistente com uma realidade que hoje nos persegue.

Like
bottom of page